Empresas de limpeza despontam              

A terceirização em determinados setores criou muitas oportunidades de negócios

Roberta Cecchetti

  Um segmento em ascenção. A terceirização de atividades não ligadas diretamente à parte produtiva das empresas, ou seja, a contratação de outra empresa para realizar determinada tarefa, criou muitas oportunidades para prestadores de serviços. A área de limpeza é, tradicionalmente, uma das que mais se adaptam a esse processo.

  A principal vantagem para o estabelecimento que contrata esse serviço é a redução de custos com funcionários e encargos trabalhistas. Para ampliar o mix de serviços, a empresa prestadora de serviço pode fazer, além da limpeza interna e de fachadas, serviços de manutenção, por exemplo.

  Prestar apenas serviços de limpeza interna não garante um retorno financeiro significativo ao empreendimento. A limpeza da parte externa do estabelecimento apresenta boas oportunidades. Trata-se de um serviço mais especializado, que requer funcionários treinados e equipamentos específicos. Assim, não pode ser realizada por leigos.

  Os principais riscos do empreendimento, além da má administração, estão relacionados aos funcionários – falta e não cumprimento do serviço ou horário – e danos causados no local, como a quebra de algum material. Esses riscos podem ser reduzidos se os funcionários forem adequadamente treinados.

Boa receptividade

  O empreendedor irá lidar basicamente com pessoas, portanto é necessário muito "jogo de cintura" para administrar os possíveis conflitos. A receptividade do negócio, em relação ao mercado, é boa e há espaço para novos empreendedores que estejam dispostos a prestar serviços de qualidade.

  O consultor Antônio César Carvalho de Oliveira, da Acomp, comentou que o negócio tem como maior concorrente as franquias, como Jani King e Limpidus. "Eles tem know how, esse deverá ser um dos problemas enfrentados pelo pequeno empreendedor. Mas, é uma boa área para quem quer entrar porque muitas empresas foram e estão sendo privatizadas e ainda há a vantagem da mão-de-obra operacional, bem barata".

  Antônio César lembra que para manter a qualidade do serviço é necessário constante supervisão de campo. "Além disso, é necessário investir em equipamentos modernos e procurar parcerias com estabelecimentos que comercializam produtos de limpeza para que os preços sejam mais acessíveis, o que tornará a empresa mais competitiva".

  Os consumidores desses serviços são empresas de uma forma geral, condomínios e hospitais, entre outros. É um público consumidor heterogêneo, mas todos têm em comum a preocupação com a redução e custos, portanto cobrar um preço justo pelo serviço é um dos fatores determinantes para conquistá-lo.

Os diferenciais

  Os serviços prestados por empresas do ramo são parecidos e o que irá diferenciar um empreendimento do outro é a qualidade do serviço, a apresentação dos funcionários e, principalmente, um bom atendimento. O processo de trabalho consiste na comercialização do serviço por meio de visitas a possíveis clientes. É firmado um contrato mensal, onde é definida a freqüência do serviço.

  Periodicamente, um supervisor deverá inspecionar os locais de trabalho para verificar a qualidade do serviço e detectar possíveis falhas. É importante manter pelo menos um funcionário na sede da empresa para emergências, como cobrir eventuais faltas, por exemplo.

  O horário de funcionamento irá variar de acordo com a determinação do cliente. O mais usual é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18 horas. A empresa deverá ter pelo menos duas salas, uma para administração do empreendimento e outra para atendimento dos clientes.

  A localização não é mais importante para o sucesso do empreendimento, mas é interessante instalar-se próximo aos prováveis clientes. É fundamental, entretanto, contar com facilidade de transporte coletivo, para o acesso dos funcionários.

  A oferta de salários é bastante grande, mas nem todos são qualificados. Podem ser recrutados por meio do sindicato ou anúncios em jornais, e devem ser selecionados com cuidado para evitar problemas junto aos clientes. É importante que sejam atenciosos e bem educados.

  O treinamento é fundamental, sendo dado anteriormente ao ingresso do funcionário na rotina de trabalho, através de aulas práticas. Posteriormente, será feita a manutenção dessas orientações, por meio de acompanhamento de um supervisor no local de trabalho.

  Começar com 16 funcionários para a limpeza e um recepcionista é suficiente. "O número de empregados poderá crescer de acordo com a demanda", explica Antônio César Carvalho de Oliveira. Segundo a Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o investimento inicial para abrir o negócio é de cerca de R$ 16 mil, já incluído o capital de giro. O prazo para retorno do investimento é de quatro meses. A estimativa de faturamento bruto mensa é de R$ 15 mil e a margem de lucro deve ficar em 25%.

  Com base nos estudos a serem efetuados pelo futuro empreendedor, é relevante definir adequadamente o negócio, o que envolve a sua perfeita caracterização, identificação do público-alvo, definição dos produtos e formas de atrair o consumidor potencial.

  O plano de negócios se constitui em elemento do planejamento empresarial que visa identificar o funcionamento dos mercados, localização mais adequada, estudos de layout e avaliação econômico-financeira do empreendimento proposto.

  É necessário, antes da tomada de decisão sobre o início do empreendimento, que se faça algumas ponderações. Se o prazo e o retorno do investimento são compensadores, se comparados com os índices obtidos por outras aplicações ou investimentos disponíveis no mercado.

  Deve-se também efetuar uma avaliação sobre os conhecimentos necessários à atividades, que em algumas ocasiões, exigem algum conhecimento técnico específico.

  Uma eficiente pesquisa de mercado para se analisar a potencialidade da região, pois, um planejamento mal elaborado poderá levar em pouco tempo, o empreendimento ao fracasso.

PRINCIPAIS DADOS

  • Setor da economia: terciário
  • Ramo de atividade: prestação de serviços
  • Principal serviço: limpeza de escritórios
  • Fatores que influenciam nos resultados do negócio: estrutura eficiente de comercialização, qualidade do serviço e treinamento adequado dos funcionários
  • Investimento inicial: R$ 16 mil
  • Estimativa de faturamento bruto mensal: R$ 15 mil
  • Estimativa de margem de lucro: 25%
  • NÚmero de funcionários: 16 funcionários para limpeza e um recepcionista, além do empresário
  • Prazo para retorno do investimento: quatro meses

ONDE COMPRAR

  • AutoLar - Material de Limpeza em Geral - 621-5209
  • Pactel Comércio e Distribuição - Material de Limpeza em Geral - 560-4759
  • Hydropower do Brasil - Máquinas de Limpeza - (011) 858-2666
  • Maxpol MÁquinas – Máquinas de Limpeza - 253-2301
  • Clean House - Aluguel de Máquinas de Limpeza - 255-1459
  • ML Magalhães - Mobiliário para Escritório - 516-2373
  • Mirage - Mobiliário para Escritório - 533-0460
  • Mobilinea - Mobiliário para Escritório - 210-1202
  • Cequipel - Mobiliário para Escritório - 493-3535
  • Confortex - Mobiliário para Escritório - 772-0982
  • Giroflex - Mobiliário para Escritório - 262-2211
  • IGMA - Mobiliário para Escritório - 263-7128
  • Mobieq - Mobiliário para Escritório - 568-0444
  • Steelcase do Brasil - Mobiliário para Escritório - 543-5090

Serviço:

Sebrae (SP): (11) 270-3988

 

Clique aqui para conhecer os Serviços da ACOMP


ACOMP Consultoria e Treinamento
Tel. 55 (21) 2445-5444 - www.acomp.com.br

O site do Empresário !