Para mais informações, Clique Aqui !

Dicas de Viagens da ACOMP

No mundo globalizado, as chances de você, empresário ou executivo, viajar para tratar de negócios são cada vez maiores. Mas seu tour, no País ou no exterior, precisa ser cercado de cuidados, para evitar perda de tempo e, sobretudo, frustração com relação aos resultados esperados. Alguns mínimos tropeços têm potencial de jogar por terra todo seu esforço. Por isso, todas as etapas afins com as viagens de negócio precisam ser tratadas com atenção máxima.

Para começo de conversa, vale conferir a validade do passaporte. Caso esteja vencida, é necessário pedir a renovação na Polícia Federal. Existem lugares que basta apresentar a identidade, como na Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile. Esses países aceitam apenas a apresentação da carteira de identidade de brasileiros, desde que emitida por órgão oficial dos Estados, para autorizar a entrada em seu território.

Nos demais países há sempre algum tipo de controle. Para viajar para os Estados Unidos, por exemplo, o visitante precisa receber o visto de entrada em seu passaporte ainda no Brasil, por meio do consulado, definindo-se, em seguida, o prazo máximo de sua permanência no exterior.

A princípio, o visto de permanência, em geral de três a seis meses, não precisa ser renovado pelos executivos. Na maioria dos casos o prazo é considerado suficiente para que os acordos comerciais que motivaram a viagem possam ser concluídos. Como nos EUA, os países do Leste Europeu, os asiáticos, a Rússia, o Equador, entre muitos outros, são rígidos no controle de quem atravessa suas fronteiras. No entanto, a França e o México, por exemplo, já eliminaram a exigência de visto de entrada de brasileiros, o que agiliza a viagem e reduz a burocracia.

Para quem ainda não tem um passaporte e deseja solicitar um, deverá acessar o endereço eletrônico www.dpf.gov.br , para obter mais informações conforme o seu caso, se homem ou mulher, ou ainda menores de 18 anos. As regras mudaram recentemente com o novo passaporte padrão ICAO, de cor azul, que foi implantado em algumas cidades brasileiras. As demais unidades do DPF continuam expedindo o passaporte modelo antigo (padrão não-ICAO, cor verde).

Obs. O titular do passaporte comum padrão não-ICAO, cor verde, poderá utilizá-lo regularmente até a data de vencimento aposta na caderneta.

O passaporte é retirado na Polícia Federal e leva no máximo 6 (seis) dias úteis para ficar pronto. O interessado terá que pagar cerca de R$ 156,07 pelo serviço, através de uma guia GRU, para emissão em prazo normal. Veja no site da Polícia Federal, www.dpf.gov.br , nessa página, clique no link "informações gerais e requerimento de passaporte", para obter mais informações sobre a emissão de passaportes. Outras dicas, Você também encontra logo abaixo, nesta seção do site da ACOMP, no item Emissão de Passaporte.

Bem, concluída a etapa burocrática de preparação de sua viagem, há ainda vários cuidados a serem adotados antes do embarque. A definição do meio de pagamento (traveller`s check, cartão de crédito ou dólar), tipos de seguros e limite de volumes autorizados nos vôos internacionais são itens que o viajante deve levar em conta.

Os especialistas recomendam que os empresários não levem em espécie todo o montante a ser gasto na viagem. O risco de perda e a possibilidade de você ser vítima de roubo ou furto, nas grandes metrópoles do mundo, são situações que precisam ser bem avaliadas. Além da segurança e da possibilidade de restituição em caso de extravio, os traveller`s check tem a seu favor o fato de ser cotado em dólar, o que permite maior facilidade em dar e receber troco.

O contraponto‚ no caso a variação do câmbio, especialmente em países escandinavos, pode tornar sua despesa um pouco maior por meio do travell check. Em nome da segurança, especialistas recomendam pagar a conta para não ter dor-de-cabeça.

Com relação aos seguros, algumas das maiores seguradoras brasileiras têm um leque de produtos, incluindo coberturas à vida e saúde no exterior, além de assistência aos segurados em viagens internacionais. Os preços variam de acordo com os dias de cobertura no exterior, idade do segurado e seu nível de exigência. Por 15 dias, o seguro de saúde, acoplado ao de vida, custa US$ 30, no mínimo. Os planos podem ter franquia de US$ 100. Os produtos mais sofisticados, com indenizações entre US$ 15 mil e US$ 200 mil, têm os prêmios mais salgados, claro.

Suas bagagens também podem ser seguradas - o prêmio é fixado com base nos quilos transportados. As indenizações podem atingir de US$ 1,5 mil a US$ 3 mil, em contratos com vigência de 10 dias. Ainda sobre as bagagens, vale destacar que há limite de volumes nos vôos internacionais. Para os Estados Unidos e Canadá, por exemplo, o limite está fixado em dois volumes de 32 quilos cada. Na Europa, Ásia e países da América do Sul, a cota por passageiro é ainda menor: dois volumes de 20 quilos cada.

Feita sua estréia no mundo dos negócios, um bom começo para evitar gafes que possam inviabilizar sua aproximação dos players internacionais‚ é recolher o maior número possível de informações sobre os hábitos e costumes dos povos. As embaixadas brasileiras e alguns especialistas dão instruções sobre os cuidados que os empresários devem ter para não causar mal-estar.

Especialistas no assunto, percorrem o País ensinando boas maneiras aos brasileiros que estão começando a se relacionar com estrangeiros no minado mundo dos negócios. A regra número um é conhecer os costumes do país ou da região dos futuros parceiros comerciais.

Caso seu foco de negócios seja o Oriente Médio, é bom desarmar o espírito para não assustar-se com hábitos muito peculiares daquela região. Assim como a vaca‚ sagrada na Índia, mulher de árabe, por exemplo, é intocável para o visitante e todo o cuidado é pouco. Portanto, se convidado para um jantar, lembre-se de que o presente para a mulher de seu anfitrião dever ser entregue ao dono da casa, cabendo a ele depois decidir se repassa ou não o mimo. "As mulheres ocupam uma posição inferior na estrutura da sociedade árabe e só podem ter contato físico com seu marido. Para os demais homens, sequer é recomendável uma conversa banal ou descompromissada".

Em contrapartida, se o marido árabe sair tascando beijos em você, faça o convite para andar de mãos dadas pelas ruas e não tire conclusões precipitadas. O toque físico entre homens é a mais pura manifestação de amizade. Antes de alguma reação explosiva, lembre-se que o povo árabe é fiel aos amigos e aos negócios apalavrados. E, para encerrar a conversa, donos de amplas reservas de petróleo, commodity cujo preço em alta ameaça pôr o crescimento econômico mundial de joelhos.

Na China, um dos maiores mercados de consumo do planeta, a obediência à hierarquia é fundamental para os que pretendem fechar parcerias. Daí porque, acrescentam os especialistas, aquele povo nutre respeito extremo aos seus idosos. Logo, o tratamento deve ser cerimonioso. Os sobrenomes dos chineses, tradicionalmente, precedem o primeiro nome.

Se você resolver buscar um sócio estratégico na Índia, lembre-se que o convite para comemorar o virtual acordo por meio de um saboroso churrasco pode significar a morte súbita de uma ex-futura promissora associação. Explica-se: Na Índia, a vaca é sagrada e, em conseqüência, sua carne não pode ser comida no país.

Almoços com franceses também exigem cuidados. Mas, não especificamente no campo das preferências culinárias. O ritual do almoço é algo quase sagrado entre eles. Daí que falar em negócios neste momento pode ser uma blasfêmia. Prefira assuntos mais informais.

Mas, se seu interlocutor for um coreano, sinta-se à vontade para arrotar ao final da refeição. O gesto indica seu grau de satisfação, mas deve ser discreto.

Os alemães e ingleses são tradicionalmente os mais formais. A princípio, detestam intimidades. Não ouse programar uma reunião de negócios com os ingleses às cinco horas da tarde. Nesse horário, a tradição britânica diz não haver nada mais importante do que saborear o famoso "chá das cinco".

Anote também que os europeus detestam impontualidade, com exceção dos italianos e espanhóis. Para os mais sisudos europeus, a pontualidade reflete o homem que está à frente do negócio. A propósito, além de pontual, evite piadas. Em geral, dada à formação cultural diferente, o que entre nós, latinos, pode parecer algo divertido, entre eles pode não causar graça alguma.

Nos Estados Unidos, os players são de fato mais alegres. Mas não se deixe enganar pela primeira impressão. Alegres, sim, mas também pontuais, profissionais, rígidos e pouco afetos ao caloroso contato físico dos homens de negócios da banda de cá do planeta. Também são altamente patrióticos e, em conseqüência, deve-se evitar temas que possam causar mal-estar aos americanos. Daí jamais acusar os Estados Unidos de querer ser a polícia do mundo, por exemplo.

Não basta apenas o item etiqueta empresarial ser preenchido para que seu tour de negócios pelo mundo seja bem-sucedido. Na verdade, o empresário ou executivo deve preparar-se para o inesperado e ter na cartola alternativas para que seus efeitos tenham a menor conseqüência possível.

Lembramos de alguns detalhes que podem gerar muita dor-de-cabeça para quem faz uma viagem de negócio ao exterior. Quem, por exemplo, estiver encarregado de apresentar show room de sua empresa a investidores estrangeiros, em busca de novos recursos, de cara o ideal‚ é hospedar-se o mais próximo possível do local em que ocorrer o encontro (daí porque não se deve esquecer de fazer a reserva com a maior antecedência possível).

Para não abusar dos serviços de seu anjo da guarda (afinal, ele pode eventualmente falhar), recomenda-se conferir as dependências do local que abrigar o meeting antes de sua realização. O objetivo da visita prévia‚ aferir a qualidade dos recursos técnicos disponibilizados pelo hotel e, se necessário, requisitar às pressas a troca ou a colocação de algum equipamento que considere fundamental para sua exposição.

A apresentação pessoal, precisa ser impecável. Afinal, imagem, combinada a conteúdo, é fundamental para gerar credibilidade. Além disso, quando participa de viagem de negócio, você se torna o foco das atenções. Trocando em miúdos, se você tiver de participar de uma festa de gala, imprescindível vestir um smoking. Em um campo de golfe, há roupas esportivas adequadas para o evento. As roupas precisam ser muito bem cuidadas, de acordo com as situações sociais e o clima da cidade. Isso porque nada é pior do que um executivo com vida profissional organizada e moda pessoal bagunçada.

O vestuário, na verdade, deve ser escolhido com base nos tipos de atividade que você tem. É sempre bom levar peças sobressalentes, mas sem exagerar na medida, já que‚ é sempre preferível abrigar tudo nas bagagens de mão a correr risco de extravios ou demora na liberação das malas em aeroportos.

O ideal é levar o menor número possível de peças, principalmente em viagem nacional. Leve roupas adequadas à estação. Para viagem internacional, lembre-se que, no exterior, as pessoas se vestem de maneira simples. Não é necessário usar cada dia uma roupa.

Leve roupas informais. Mas, caso haja algum imprevisto, tenha sempre uma peça de gala. Nos Estados Unidos e Europa, a estação é contrária à do Brasil. Na bagagem de mão leve sempre uma peça de roupa, caso sua bagagem seja extraviada você estará prevenido. Se precisar declarar algum equipamento eletrônico, na saída do Brasil dirija-se à Receita Federal do aeroporto, levando o aparelho.

Identifique sua bagagem com nome, endereço e telefone, ponha as etiquetas em lugares visíveis e também uma dentro da mala. Esteja com todos os documentos em mãos ou na bagagem de mão ( Passaporte, RG, Passagem ou Voucher ).

Em longas viagens, é recomendável o uso de roupas e sapatos confortáveis. Preocupe-se com suas bolsas, carteiras, pacotes e malas. Não peça e não aceite que outras pessoas transportem suas malas.

Conferir o horário e o número do vôo é outra medida providencial. Nos casos de atraso do vôo, os parceiros de negócios que estão à espera devem ser imediatamente notificados. O cancelamento dos encontros no exterior só deve ocorrer por motivo absolutamente de força maior, como óbito, doença ou problemas graves envolvendo a empresa. Portanto, chegue com pelo menos duas horas de antecedência para vôos nacionais. Nos vôos charter, o comparecimento é solicitado com duas horas de antecedência. Não coma em excesso e beba muito líquido.

Por fim, lembre-se de que os fusos horários são dos mais diversos e, por meio da Internet, é possível saber que horas são na cidade de destino de seu vôo.




Bagagem

Sempre a menor possível, principalmente para viagem nacional. Leve roupas adequadas à estação. Para viagem internacional: no exterior as pessoas se vestem de maneira simples. Não é necessário usar cada dia uma roupa. Leve roupas informais, mas caso haja algum imprevisto tenha sempre uma peça de gala. Nos Estados Unidos e Europa, a estação é contrária à do Brasil. Na bagagem de mão leve sempre uma peça de roupa, caso sua bagagem seja extraviada você estar prevenido.

Se precisar declarar algum equipamento eletrônico, na saída do Brasil dirija-se à Receita Federal do aeroporto, levando o aparelho. Identifique a sua bagagem com nome, endereço e telefone, ponha as etiquetas em lugares visíveis e também uma dentro da mala. Esteja com todos os documentos em mãos ou na bagagem de mão ( Passaporte, RG, Passagem ou Voucher ).

Em longas viagens ‚ recomendável o uso de roupas e sapatos confortáveis. Não comer em excesso e, beba muito líquido. Preocupe-se com suas bolsas, carteiras, pacotes e malas. Não peça e não aceite que outras pessoas transportem suas malas. Chegue com pelo menos duas horas de antecedência para vôos nacionais. Nos vôos charter, o comparecimento ‚ solicitado com duas horas de antecedência.

Na Europa (França, Inglaterra, Alemanha, Itália, Portugal, Espanha) a regra‚ é uma só: no máximo duas bagagens somando 20 quilos cada e uma mala de mão com não mais do que cinco quilos. Para os Estados Unidos e Canadá, o turista tem direito a embarcar com duas malas de 32 quilos, cada uma, e ainda uma mala de mão de 18 quilos. A única exigência é que a mala de mão deve caber embaixo do assento do passageiro.




Dinheiro

Não é aconselhável que você ande com todo seu dinheiro no bolso. Procure guardá -lo em cofres no hotel. Em viagem ao exterior, procure levar traveller's checks, todos os bancos têm departamento de câmbio e farão a conversão na hora. Os cartões de crédito internacionais são bem aceitos. O dólar é aceito internacionalmente.

Para quem tem problemas crônicos, leve os remédios na viagem. Mas se for ao exterior, fazer um seguro-saúde é a melhor opção.




Hotel

- Confira a limpeza do quarto. Se não gostar do aspecto, exija um quarto limpo. Afinal, você pagou, logo tem direito.
- Cuidado com os aparelhos eletrônicos, saiba primeiramente qual a voltagem do lugar.
- No primeiro passeio, antes de sair, peça um cartão do hotel. Se você se perder, mostre o cartão e tudo será resolvido.




Refeições

- Comece com pratos leves e vá se habituando à culinária local aos poucos.
- Os pratos variam conforme a cultura do país que você estiver visitando.
- Alguns valores de gorjetas: um dólar por mala para o carregador; 10% a 15% do valor da despesa para táxi, bares e restaurantes; um a dois dólares para camareiras e room service nos hotéis.
- Antes de sair, verifique os horários de funcionamento do comércio, dos bancos, museus, atrações e restaurantes. Eles variam de lugar para lugar. Você pode correr o risco de ficar de fora.
- Na hora de voltar (no mínimo três dias antes do seu retorno ao Brasil) reconfirme na companhia área a sua reserva.




Souveniers

- Poderão ser trazidos do exterior até US$ 500 em compras. No Free Shop poderão ser gastos outros US$ 500 em diversos produtos. Bebidas alcoólicas podem ser trazidas dos Free Shop, mas no máximo 12 unidades.



Burocracia

- Para que sua viagem não tenha nenhum problema, é necessário ter toda documentação em dia. Por isso, aqui estão algumas informações:

* Viagem Nacional :

- Adultos: RG original (em bom estado)

- Menores de 12 anos: precisam de autorização judicial para viajar desacompanhados. A autorização ‚ dispensada quando viajar acompanhado por qualquer dos pais; pessoa comprovadamente titular de sua guarda ou tutela; ascendente ou colateral com mais de 21 anos até o terceiro grau de parentesco devidamente documentados; pessoa com mais de 21 anos, portadora de autorização dos pais ou responsáveis.

- De 12 até 18 anos: desacompanhados podem viajar mediante à apresentação de certidão de nascimento ou carteira de identidade.

* Viagem Internacional:


- É necessário o passaporte com validade mínima de 6 meses, exceto para os países limítrofes do Brasil apresentando somente carteira de identidade em bom estado de conservação (inclusive para menores de idade).

- Alguns Países limítrofes: Argentina, Uruguai, Paraguai.

- Confira antes de viajar com as respectivas Embaixadas dos Países de destino, quais as exigências da Fiscalização Imigratória dos mesmos, para evitar transtornos.

EMISSÃO DE PASSAPORTE

O processo se inicia com o acesso ao site www.dpf.gov.br

Para quem ainda não tem um passaporte e deseja solicitar um, deverá acessar o endereço eletrônico acima, para obter mais informações conforme o seu caso, se homem ou mulher, menores de 18 anos, e conforme sua nacionalidade e local de nascimento.

As regras mudaram recentemente com o novo passaporte padrão ICAO, de cor azul, que foi implantado em algumas cidades brasileiras. As demais unidades do DPF continuam expedindo o passaporte modelo antigo (padrão não-ICAO, cor verde).

Obs. O titular do passaporte comum padrão não-ICAO, cor verde, poderá utilizá-lo regularmente até a data de vencimento aposta na caderneta.

TELEFONE PARA MAIS INFORMAÇÕES: 0800-97-82-336

PRAZO DE ENTREGA: 6 (seis) dias úteis, após o pagamento da GRU (guia para pagamento da taxa), a entrega dos documentos e o recebimento do protocolo.

REGRAS GERAIS:

I - Horário do Posto DPF - existe um posto no Shopping Via Parque, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ, que funciona de segunda a sexta-feira das 10:00 às 20:00 horas. Demais localidades e horários dos postos, consultar o site do DPF.

II - Somente o própio ou parente direto pode dar entrada no pedido de passaporte (comprovando o parentesco por prova documental). Para menores, somente pai e mãe, e é obrigatória a presença do menor.

III - Formulário: REQUERIMENTO PARA PASSAPORTE - Consulte no site www.dpf.gov.br - A GRU agora é preenchida pela internet.

Atenção: Antes de efetivar o pagamento, verifique se a unidade arrecadadora foi preenchida corretamente. Não é possível requerer passaporte em unidade distinta daquela que constar na GRU.

IV - Fotos: Agora as fotos são colhidas no próprio posto do DPF.

V- É obrigatório a apresentação do passaporte anterior, quando houver, válido ou não. A não apresentação, por qualquer motivo, implica em pagamento da taxa em dobro.

VI - Quanto aos Documentos: Todos ORIGINAIS e cópias.


MAIORES DE 18 ANOS:

  1. Carteira de Identidade. (Na falta, apresentar: protocolo da carteira de identidade, juntamente com certidão de nascimento ou casamento e documento oficial que contenha foto). São aceitos também como documento de identidade: Cédula de identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública; Carteira Funcional expedida por órgão público reconhecida como documento de identidade válido em todo o território nacional; Carteira de identidade expedidas pelos comandos militares, ex. Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar; Passaporte brasileiro anterior; Carteira Nacional de Habilitação expedida pelo DETRAN (modelo atual); Carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício da profissão regulamentada por lei e Carteira de Trabalho e Previdência Social.
  2. CPF.
  3. Título de eleitor com os comprovantes de votação da última eleição.
  4. Certificado de reservista para homens de 18 a 45 anos. Quem só tiver o alistamento deve apresentar autorização do comando militar para expedição de passaporte e viagem ao exterior.
  5. Certidão de casamento para mulheres casadas, separadas ou divorciadas.
  6. Certidão de nascimento com opção de cidadania para brasileiros nascidos no exterior.
  7. Certificado de naturalização para naturalizados.
  8. Comprovante de pagamento da Taxa GRU, paga em Reais.


RENOVAÇÃO DO PASSAPORTE:

> O passaporte não poderá ser renovado, caso seja do interesse do cidadão, deverá ser solicitado novo.

> A validade do passaporte para maiores de 18 anos é de até 5 (cinco) anos.

Atenção: É obrigatório a apresentação do passaporte anterior, quando houver, válido ou não. A não apresentação, por qualquer motivo, implica em pagamento da taxa em dobro.


* Somente o próprio pode receber o passaporte e com a carteira de identidade (original). Os menores de 18 anos devem estar presentes na companhia do pai ou da mãe com carteira de identidade e o menor com certidão de nascimento (original).

* Os passaportes requeridos e não retirados no prazo de 90 (noventa) dias são cancelados.

* Local para dar entrada com a documentação para a emissão do passaporte: Em uma agência da Polícia Federal mais próxima de Você.
( Para quem está no Rio de Janeiro, existe um posto no Shopping Via Parque - Barra da Tijuca ).

 


Locações

Locação de veículos: cuidados e atenções no exterior

- Para locação de veículos nos Estados Unidos são necessários os seguintes documentos:
- carteira de habilitação
- passaporte
- cartão de crédito internacional
- voucher de reserva

2 - Caso haja um segundo ou terceiro motorista na mesma locação, eles deverão constar na abertura do contrato. Há taxas extras para cada motorista complementar.
3 - Os veículos locados costumam vir com seguros obrigatórios (roubo e colisão), contudo a locadora irá oferecer vários seguros que irão custar caro. Fique atento!
4 - Caso o voucher do carro venha a ser perdido, não haverá reembolso. Exceto em caso de roubo, mediante apresentação do boletim de ocorrência, com prazo de 24 horas após o fato.
5 - Se o locador estiver entre 21 e 25 anos será cobrado taxa adicional de locação.
6 - Os locadores cobram localmente as taxas municipais, impostos sobre vendas e o combustível que faltar no tanque quando o carro for devolvido. Informe-se na locadora quanto ao procedimento referente ao combustível no ato da retirada.
7 - É obrigatório o uso do cinto de segurança para adultos e crianças.
8 - Caso você esteja com crianças menores de 5 (cinco) anos, é preciso alugar cadeiras especiais.
9 - Logo ao anoitecer e embaixo de chuva deve-se acender os faróis.
10 - Cuidado com as multas, elas são caras e a polícia não costuma aceitar desculpas. As multas são cobradas rapidamente das locadoras e você vai acabar gastando bem mais do que planejou ao devolver o carro.
11 - O velocímetro nos Estados Unidos marcam a velocidade em milhas e não em quilômetros.
12 - Obedeça aos limites de velocidade nas estradas e na cidade.


Viajando pelo Brasil


Se Você precisar consultar - Condições nas Estradas, Hotéis e Condições do Tempo:

Clique Aqui e vá ao ACOMP Web Utilitários



Boa Viagem !



ACOMP Consultoria e Treinamento
“Soluções em Negócios”
Tel. + 55 (21) 2445-5444

www.acomp.com.br - O site do Empresário
!



© Copyright 2017 - ACOMP - Todos os direitos reservados.