logo_jcom11a.gif (5213 bytes)

Sábado, 22 de dezembro de 2001

Jornal do Lojista

Mais caro, menos burocrático
Microcrédito pode servir para resolver emergências do comerciante

Débora Oliveira

A fiação elétrica precisa ser trocada, o layout do salão está desatualizado, o capital de giro não é suficiente para manter a saúde financeira da loja. Para resolver situações como estas, o comerciante pode recorrer ao microcrédito - mais caro que linhas de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), é claro, mas bem menos burocrático.

No Rio, além de instituições públicas como Banco do Povo e Caixa Econômica Federal, o lojista pode recorrer a entidades privadas como Vivacred, Social Cred e Banco da Mulher. Os valores financiados vão de R$ 1 mil a R$ 10 mil.

Avalista

Com taxa de juros mensal de 3,9%, a Sociedade de Crédito ao Microempreendedor (Social Cred) e a Vivacred financiam valores médios de R$ 100 a R$ 10 mil. "Os financiamentos, que variam entre R$ 100 e R$ 5 mil e devem ser quitados em até 12 meses, servem para compra de equipamentos, reformas e capital de giro. Além da documentação em ordem, o comerciante precisa ter um avalista", explica o coordenador do Vivacred, Antônio Cesar Martins.

Já pela Social Cred, o comerciante consegue até R$ 10 mil para pagamento no período de seis a 12 meses. Antes de conceder o financiamento, a Social Cred analisa a capacidade de pagamento da empresa. "Os documentos necessários são contrato social, CNPJ, identidade, CPF e comprovante de residência dos sócios", diz o presidente da Social Cred, Rubens de Andrade Neto.


Garantia

- Para desconto de cheque pré-datado e nota promissória, basta consultar os cadastros de proteção ao crédito para conceder o financiamento, porque os cheques e promissórias já são a garantia - explica vice-presidente, Edson de Paula.

No caso de empréstimos para reformas, compra de equipamentos e capital de giro, a liberação do dinheiro pode levar leva no máximo cinco dias. "A taxa de abertura de crédito é de 4,5% do valor financiado", completa de Paula, acrescentando que parte do capital financiado pela Social Cred vem do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Em outubro, o BNDES liberou R$ 2 milhões para repasse a microcrédito, com taxas de juros reduzidas.

Na Caixa, a partir do Giro Caixa, o comerciante tem acesso a até R$ 10 mil de empréstimo, com juros de 0,83% ao mês e 24 meses para pagar. "Basta a análise de crédito da empresa mediante a apresentação do contrato social, CNPJ, comprovante de pagamento do FGTS, Cofins ou Pis, imposto de renda dos sócios e demonstração de que não há dívidas com a Receita Federal", explica o gerente-geral da filial da Caixa na Taquara, Armando Tiago, acrescentando que o dinheiro costuma ser liberado em uma semana.



Oliveira, da Acomp: microcrédito não deve ser usado para quitar dívidas.

Sócio-diretor da Acomp Consultoria e Treinamento - que tem BarraShopping, Sendas, Léo Foto e Barra Square entre seus clientes -, Antônio César Carvalho de Oliveira ressalta, apenas, que o microcrédito deve servir para expansão ou resolução de problemas - como reformas -, mas nunca para quitar outras dívidas. "A chave de todo o processo é o planejamento. Se a única saída é optar pela linha de crédito que este capital seja usado para o crescimento da loja", assinala.

AS OPÇÕES

>> SETOR PRIVADO
SOCIAL CRED

Valor máximo do empréstimo: R$ 10 mil
Taxa de juros: 3,9% ao mês
Prazo de pagamento: seis a 12 meses
Informações: 2509-3123

VIVACRED
Valor máximo do empréstimo: R$ 5 mil
Taxa de juros: 3,9% ao mês
Prazo de pagamento: 12 meses
Informações: 3322-1412

BANCO DA MULHER
Valor máximo do empréstimo: R$ 1 mil
Taxa de juros: 4% ao mês
Prazo de pagamento: seis meses
Informações: 2240-0064

>> SETOR PÚBLICO

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Valor máximo do empréstimo: R$ 10 mil
Taxa de juros: 0,83% ao mês
Prazo de pagamento: 24 meses
Informações: 2423-1333

BANCO DO POVO
Valor máximo do empréstimo: R$ 5 mil
Taxa de juros: 3,6%
Prazo de pagamento: 12 meses
Informações: 2299-2001

 

Clique aqui para conhecer os Serviços da ACOMP


ACOMP Consultoria e Treinamento
Tel. 55 (21) 2445-5444 - www.acomp.com.br

O site do Empresário !