Diário da Manhã - Goiás - Goiânia
Quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

Matéria de Capa - Primeira página e Economia - Edição 6657

10 áreas promissoras para seu negócio


Carolina Oliveira
Da editoria de Economia


Negócios

10 áreas para investir

Pesquisa aponta setores mais promissores para 2006. Copa do Mundo estimula segmento de material esportivo
O que vai estar em evidência

Para quem pretende abrir ou expandir os negócios, este ano promete ser promissor. Segmentos de materiais esportivos, transporte de cargas perigosas, empreiteiras e eletroeletrônicos (TV, DVD e computador) estão em alta e, com planejamento e estudo da viabilidade sócio-econômica, prometem sucesso e rentabilidade. O destaque favorável para investimentos também engloba os setores de serviços e projetos de engenharia e arquitetura, casas de material de construção e serragens, e confecção moda praia e esportiva. Em seguida, aparecem serviços gráficos e designer, oficina mecânica especializada em suspensão e marketing esportivo e político. As informações fazem parte de uma pesquisa anual sobre as dez melhores oportunidades de negócios em 2006, da Acomp Consultoria e Treinamento.

De acordo com o presidente da empresa, Antônio César Carvalho de Oliveira, os nichos dos mercados esportivo e de construção aparecem em primeiro e segundo lugar, respectivamente, devido aos tão esperados fenômenos esportivos – Copa do Mundo e Pan-Americano Rio 2007. “O futebol é a paixão nacional dos brasileiros. E os jogos do Pan exigem toda uma estrutura, investimentos em construção”, justifica.

A tendência é que as pessoas sejam influenciadas por este período de jogos e atividades esportivas e adquiram, em maior volume, produtos e equipamentos deste segmento. “As pessoas estão mais conscientes em relação ao conceito de qualidade de vida e buscam, com maior intensidade, a prática esportiva.”

Outro fator em relação a este segmento é que a população, frente à decepção com o quadro político, está com os olhos focados no esporte. Na opinião de Carvalho, existe uma predisposição de crescimento da área esportiva quando há declínio na política. “Nas atividades físicas, têm-se uma visão mais nítida dos acontecimentos, o que não acontece na esfera política.”

Comércio prevê crescimento de 25% neste ano

O proprietário da Atleta e Cia, empresário Edmundo Oliveira, 36, endossa a pesquisa. Responsável por uma rede de três lojas, a expectativa real é que neste ano este segmento tenha um crescimento de 25%. “As vendas aumentam consideravelmente com a Copa do Mundo. E a prática de esportes está ligada ao conceito de saúde e de qualidade de vida, e não mais de modismo como acontecia em anos anteriores”, aponta.

Nos últimos três anos, o crescimento registrado é de 50%. Oliveira ressalta que conhecer o produto à venda também é essencial para a lucratividade do negócio. “O empresário deve conhecer a fundo o que vende ao cliente, investir naquilo que conhece”, avisa. Hoje ele possui propostas para abertura de nova unidade em shopping da Capital e projetos de crescimento. “Se souber trabalhar, é altamente rentável e vale a pena. O conceito de que esporte é saúde está em propagação”, afirma.

AQUISIÇÃO – O segmento de eletroeletrônicos também está ligado à Copa do Mundo e aos jogos do Pan-Americano, período em que a aquisição de aparelhos de tevê é maior, para melhor acompanhamento dos jogos. Já as áreas de construtoras, instaladoras e empreiteiras, serviços e projetos de engenharia e arquitetura, e casas de material de construção e serragens estão ligadas aos investimentos promissores devido às obras governamentais agendadas. A previsão é de que este ano sejam injetados R$ 28 milhões nestas ações.

Atenção especial está direcionada para o segmento de transporte de cargas perigosas, que dispõe de poucas empresas especializadas no serviço em relação à crescente demanda. “São escassos os empreendimentos que conseguem atender dentro da rígida e complexa legislação. É uma oportunidade de mercado, com pouca concorrência e muito serviço.”

Oficina mecânica especializada em suspensão também passa pela mesma situação. O presidente da empresa de consultoria ressalta que o ramo dispõe de poucas empresas especialistas em confronto com alta demanda de serviços.

O ramo de confecção moda praia e esportiva também é influenciado pelas atividades esportivas, enquanto os serviços gráficos e de designer serão beneficiados com o ano eleitoral, assim como o setor de marketing esportivo e político, que devem ser contemplados com investimentos consideráveis em campanhas eleitorais e para divulgação dos jogos e atividades.

Apesar da alta rentabilidade, negócios somente acessíveis a grandes empresas ou grupos de investimentos, como instituições financeiras, prospecção e exploração de petróleo, entre outros, foram excluídos da pesquisa por serem incompreensível aos novos empreendedores de pequeno ou médio porte.


Marco Monteiro


Cenário econômico nacional é promissor para empresários

Para o presidente da Acomp Consultoria e Treinamento, Antônio César Carvalho de Oliveira, há três anos o cenário econômico brasileiro era totalmente desfavorável para o empresário. “Hoje, estamos em um quadro atípico. As situações são promissoras, pois as eleições e a Copa do Mundo geram demanda e altos investimentos por específicos serviços. A economia sofrerá influência positiva, mesmo com o dólar baixo e a queda nas exportações e das taxas de juros”, pondera.

O recuo nas exportações, explica, favorece um aquecimento no mercado interno, maior sucesso e retorno financeiro. “Há quatro anos não possuíamos um ano bom e aconselhável para empreender um negócio”, avalia. Apesar da pesquisa ter sido realizada no Rio de Janeiro, Carvalho salienta que as tendências promissoras abrangem os demais estados brasileiros, de acordo com a vocação e desenvolvimento de cada um. “Nas regiões litorâneas, por exemplo, o destaque maior é para confecção de moda praia, enquanto em outras localidades as chances de rentabilidade e sucessos são menores”, argumenta.

Carvalho avisa que a pesquisa não dispensa a necessidade de efetuar-se um estudo de viabilidade específico sobre o negócio a ser estabelecido, que define, entre outros itens, formato, investimento, rentabilidade, custos e ponto de equilíbrio. Tais pontos são considerados indispensáveis para o sucesso do empreendimento. É necessário também a execução de uma pesquisa junto ao público alvo no local escolhido para a instalação da empresa.

Para maiores informações ou esclarecimentos sobre a pesquisa, o site da Acomp pode ser acessado pelo endereço eletrônico: www.acomp.com.br.



Fonte: Acomp Consultoria e Treinamento

==========================================================

Clique aqui e veja o Resultado completo da Pesquisa Anual da ACOMP de 2006, além de outras Reportagens sobre este assunto

 

Leia mais sobre outras Pesquisas e Estudos da ACOMP

 

Consulte-nos: ACOMP Consultoria e Treinamento - (21) 2445-5444

 

Clique aqui para conhecer os Serviços da ACOMP

 


ACOMP Consultoria e Treinamento
"Soluções em Negócios"
Tel. 55 (21) 2445-5444 / 9676-9040

www.acomp.com.br - O site do Empresário !