ACOMP Consultoria e Treinamento
 

Visita do Papa Francisco ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude

Exemplos de Liderança


Brasil - Rio de Janeiro - Julho de 2013

Por Antônio César

Fotos: Prefeitura do Rio de Janeiro

A visita do Papa Francisco, Jorge Mario Bergoglio, ao Brasil, por ocasião da JMJ - Jornada Mundial da Juventude, foi sem dúvida alguma um marco importante para o Mundo todo, para o nosso País, e em especial o Rio de Janeiro.

Normalmente recomendo que não se discuta religião, política e futebol, no ambiente de trabalho ou de negócios, por serem assuntos em sua essência polêmicos, capazes de gerar discussões intermináveis, pouco produtivas, fanáticas e até insanas. Vou abrir aqui um precedente, em função dos excelentes exemplos de Liderança, aplicáveis à Gestão Empresarial, e tão necessários nos dias de hoje em nossas vidas, quer seja na empresa, em casa, no lazer, ou na sociedade.

Muito poderíamos dizer sobre os ensinamentos e gestos do Papa, mas, vou me restringir aqui aos seus Exemplos de Liderança, um assunto muito comentado hoje em dia no meio empresarial, social e político, e sobre o qual tenho ministrado palestras pelo Brasil. Quando o Papa falou sobre a "filosofia de príncipes" para os religiosos, deixou claro que o Modelo de Gestão da Igreja Católica precisa ser mudado, e isso se aplica também da mesma forma em muitas Empresas e Governos, por aqui e por aí, pelo mundo todo.

Independentemente da religião das pessoas, os exemplos do Papa Francisco podem e devem ser observados e praticados por todos, empresários, gestores, funcionários da iniciativa privada, funcionários públicos, demais partícipes da sociedade, e principalmente por nossos políticos.

A meu ver, nós católicos, há algum tempo esperávamos por um líder com uma visão mais antenada com o mundo atual, mais presente junto às comunidades, um melhor gestor da igreja, mais carismático, mais simples, mais inteligível por todos, capaz de dialogar bem com os jovens, mas também com os mais conservadores, com o clero, de fazer as reformas na Igreja, e etc.

Contudo, em primeiro lugar, é preciso destacar aqui a sabedoria do Papa Emérito Bento XVI, seu antecessor, ao perceber que "era preciso mudar, para mudar". Parece simples assim, sai um papa mais velho e, por conseguinte, mais sábio (em relação à vida e ao Vaticano, pois quanto ao resto quem sou eu para julgar), para assumir outro papa mais jovem, e com maior vigor físico, apesar de só ter um pulmão, e ser o primeiro papa latino americano.

A história mostra ao longo dos séculos, que quem tem o poder, não o larga por nada, e na Igreja Católica em que o cargo do papa é vitalício, sempre foi assim, portanto, nada mais normal do que ele ficar até morrer. Mas, o que fez o Papa Bento XVI, abdicou de ser o Sumo Sacerdote em favor dos fiéis e da igreja enquanto instituição, e pela primeira vez na história, temos dois papas, um atuando e o outro coexistindo como papa emérito, como um consultor, um mentor. Sem dúvida alguma um senhor reforço para a tão necessária reforma da cúria. Um excelente exemplo prático de Liderança, Sabedoria e Humildade.

Sobre o Papa Francisco, os exemplos de Liderança, Sabedoria e Humildade são tantos, que tenho receio de esquecer de algum. É verdade que alguns céticos e críticos da Igreja Católica com certeza vão dizer que isso é marketing. É preciso considerar que, sua simplicidade e humildade vêm de longa data, antes de ser papa, quando se locomovia de ônibus na Argentina, mesmo após ser cardeal, isso só para citar um exemplo de seu perfil "Franciscano".

Ainda que fosse marketing, a causa é justa, e isso não prejudica ninguém, ao contrário serve de exemplo para muitos líderes, administradores e principalmente políticos, que ao chegar ao poder, acreditam que são superiores aos outros, e esquecem que o poder lhes foi concedido por estes, para ajudá-los e servi-los, e não para se locupletar com o poder em seu único e próprio benefício, e de vez em quando, fazer algo de bom, para aumentar a popularidade e voltar ao poder.

Por fim, todos querem ter um líder inteligente, que saiba se comunicar e passar as mensagens de forma correta, da maneira mais adequada, sem perder sua essência, administrando com propriedade, conhecimento e honestidade as instituições, sejam elas quais forem. Ninguém em sã consciência quer ter um líder medíocre. Então, se também foi marketing, foi válido e de excelente nível.

Outro ponto que destaco, pois comungo realmente da mesma filosofia, foi a sua postura quanto à questão das crianças e idosos (considerados descartáveis e improdutivos por economias, pessoas e governos que só almejam resultados financeiros), quando o papa em uma entrevista reservada mencionou que para ele o importante é que os mais necessitados fossem atendidos, independentemente desta ou daquela religião. É preciso estar muito seguro de si e de sua Igreja, para dizer isso num momento em que a Igreja Católica está perdendo fiéis pelo mundo a fora. Só um verdadeiro líder trata um assunto destes tão importante, de forma clara, aberta, simples e mantendo os princípios éticos.

Lembro que quando concedi entrevistas para uma rede de televisão Evangélica, há alguns anos atrás, colegas chegaram a comentar comigo, como eu sendo católico, fui dar entrevista e dicas de negócios para empresários e empreendedores através de uma tv Evangélica. (Se você quiser confirmar, veja em nosso site, www.acomp.com.br , na seção treinamento, notícias e depoimentos os releases, pois está tudo documentado, inclusive com fotos e datas).

Respondo agora, incentivado pelo gesto do papa, que para mim o mais importante é que a ajuda chegue da forma correta e em sua plenitude a quem necessita, desde que seja através alguém de bem, por uma causa justa, com honestidade de propósitos, e se for através da Instituição da qual você participa, melhor ainda. Se um dia a tv da Igreja Católica resolver me chamar, também farei o mesmo com o maior prazer. Atuei por anos em várias pastorais, mas agora minha missão é outra.

As pessoas querem e têm o direito de ter seu trabalho, seja uma empresa ou emprego, sua renda, sua dignidade, e que eu me lembre, Cristo nos deixou princípios valiosos, inquestionáveis para a vida humana, mas, não deu nome a nenhuma igreja especificamente. É claro que cada um deve buscar a religião com a qual mais se identifica, a que acredita ser a mais certa, a que preserve os melhores princípios, mas, respeitando as outras, com seus valores, atitudes e princípios.

Graças a Deus sempre me relacionei bem com outras religiões e ciências, como o Espiritismo, Judaísmo, Protestantismo, Agnósticos, entre outras, enfim, se a missão é digna e você tem honestidade de propósitos, é o que vale. Assim como o mal está em todo o lugar, o bem também se faz presente em todos os lugares. Talvez esse seja um dos grandes méritos do Povo Brasileiro, de conviver pacificamente com diversos povos, raças, credos e religiões. Que Deus nos mantenha assim. Não há inovação e desenvolvimento sustentável, sem diversidade de opiniões e respeito mútuo. Além disso, nenhum de nós sozinho é maior do que todos nós juntos.

Vale ressaltar que toda Instituição formada por pessoas, possui erros, ou por vezes erra, pois isso é do ser humano. Não tem nenhuma instituição perfeita em tudo. Alguns se simpatizam mais com esta ou com a aquela, são mais bem recebidos aqui ou ali, foram levados quando crianças para esta ou aquela, o importante é que estejam reunidos por uma boa causa, pratiquem o bem, e o tempo todo, procurem evoluir, ajudar os que mais necessitam, acertar, e se aperfeiçoar.

Outro exemplo que deve ser observado, e uma importante dica de negócios para os nossos clientes e parceiros, foi a habilidade e capacidade do papa de interagir e se comunicar sobre assuntos distintos, alguns polêmicos, com públicos diversos, em momentos e lugares diferentes, e permitir que tudo isso fosse registrado em tempo real através de TVs e Jornais, ou seja, sem chances para correções e ajustes posteriores, e sem cometer gafes, ser omisso, agressivo ou indelicado.

Assim ele falou, mobilizou e interagiu com os jovens (a tão badalada geração Y), com os seus pares cardeais, bispos, padres, e religiosas, para o público leigo, para a terceira idade, para membros de outras religiões, para o poder público, enfim, se comunicou muito bem, de forma clara, por vezes mais austera, em outras mais carinhosa, em outras mais pragmática. Com certeza alguns levaram um puxão de orelhas, outros um carinho afetuoso, outros um simples aperto de mão formal. Mais um exemplo de Liderança para nós, o de que é preciso se comunicar bem com todos.

É certo que é cedo para avaliar os resultados práticos de toda essa mudança de postura na Igreja Católica, tão desejada por seus fiéis, e que poderia servir de exemplo para as nações, que alia simplicidade, objetividade, clareza, uma certa informalidade, princípios, necessidade de mudança de hábitos (o que é tão difícil), menos ostentação, menos inveja, e mais trabalho digno, mais solidariedade, mais caridade, ética, bom senso e honestidade de propósitos. Não foi à toa que o Papa tanto pediu para rezarem por ele, pois ele sabe que a missão não é fácil.

No linguajar da gestão empresarial e do gerenciamento de projetos, pode-se dizer que o escopo do Papa é amplo, a qualidade é fundamental, precisa administrar bem os custos, pois o prazo é curto, e os "stakeholders" (os envolvidos ou interessados no projeto) têm pressa. Para tanto, será preciso treinar e cuidar muito bem dos recursos humanos, avaliar e gerir os riscos envolvidos, prover as aquisições necessárias, comunicar-se com maestria, e integrar tudo adequadamente.

As passeatas querem dizer isso, e alguns dos nossos governantes e políticos insistem em não querer entender. Ao contrário, buscam comemorar essa ou aquela perda de aprovação deste ou daquele político, desmerecer os reclames, questionar a ideologia, por vezes oferecer uma ou outra benesse, numa tentativa desesperada de salvar seus privilégios. Não vai adiantar. Nada muda de uma ora para outra, mas, vai mudar, ainda que gradualmente, vai mudar, e quem viver verá.

Outra recomendação do Papa, não manipular os jovens. Certos políticos elevaram as expectativas ao intangível ou inalcançável, a cobrança veio na mesma proporção.

Winston Churchill disse certa vez: - "Só tenho para oferecer sangue, sofrimento, lágrimas e suor".

É preciso entender de uma vez por todas que o poder é concedido a alguém, para que este, considerado naquele momento a pessoa mais adequada, mais sábia, ou mesmo a única que se candidatou ou está disposta a exercer, use esse poder e conhecimento em favor dos que o elegeram. O poder é temporário, não é de ninguém, é de todos, e só os "outros" (leia-se nós todos) o podem conceder. Ninguém possui o legítimo direito ou poder de conceder poder a si mesmo, por melhor que seja, ainda que alguns o façam por vias torpes, pagarão um preço muito alto por isso. Para os mais desavisados, podemos dizer com certeza, que não vale a pena.

Outro ponto muito interessante, quando a causa é nobre, o Universo colabora.

Deus deve ter visto aquele povo todo, aproximadamente 3,5 milhões de pessoas durante a missa, segundo a Prefeitura do Rio, e deve ter pensado, Guaratiba é legal, mas, esse pessoal vai precisar de mais banheiros, de mais alguns bares, de melhor infraestrutura, de outros meios de transporte, de farmácias e mercados, e já que eles estão reunidos em meu nome, vou dar a eles uma noite a beira mar, sem calor e sem chuva, em uma areia branquinha. Para a caminhada, 9,5 km está bom, e vou proporcionar a eles, caminhar por um lugar bonito, partindo do centro da cidade, passando por um parque lindo e pela zona sul até uma grande praia, com sol, sem chuva ou muito calor.

E foi um sucesso absoluto !

Hoje sem dúvida alguma o Papa Francisco é o destaque mundial como um líder de uma nação. Não há no mundo neste momento, infelizmente, outra liderança que possa se quer lhe fazer sombra. Esperamos que isso mude e rápido, pois o mundo não é somente o Vaticano. É preciso que os valores mudem também, assim como os exemplos e as atitudes, e que tudo esteja ajustado aos princípios, objetivos e à vontade dos seus povos.

- "Atitude é uma pequena coisa que faz uma grande diferença". - (Clarice Lispector).

Bem, vou ficar por aqui, e se você quiser saber mais sobre Liderança, contrate a Palestra do Prof. Antônio César da ACOMP, ok ?

Observe que para desenvolver a Liderança é imprescindível ter Honestidade de Propósitos e dar o Exemplo. Se Você e seus Gestores estão mesmo a fim de mudar para melhor, a minha palestra não faz milagres, mas ajuda bastante.

Fique com Deus, e sucesso em suas atividades !

Eng°. e Prof. Antônio César



Para saber mais sobre nossas Palestras, Cursos Especiais e Treinamentos, veja os links abaixo:

Perfil do Palestrante Eng°. e Prof. Antônio César

Veja alguns Depoimentos sobre nossas Palestras

Palestras, Treinamentos e Cursos Especiais

Palestras em Seminários, Congressos e Eventos

Palestras por EAD (Educação a Distância) e via Satélite

Atestados sobre Serviços de Consultoria e Treinamento

 

Contrate Você também as Palestras do Eng°. e Prof. Antônio César
para sua Empresa, sua Equipe vai gostar !

 

Para obter mais informações sobre as Palestras da ACOMP com o
Prof. Antônio César, entre em Contato no Horário Comercial,
pelo Tel.+ 55 (21) 2445-5444.

 

 


ACOMP Consultoria e Treinamento

A Primeira e Única Consultoria que disponibiliza
mais de 20 Serviços Úteis e Gratuitos on lin
e.

 

 

www.acomp.com.br

• 1º site do Mundo em Marketing Cruzado

• O site mais visitado por Empresários do Rio de Janeiro

 

 

 

Para mais informações, Clique Aqui !

 

Leia mais sobre Negócios e veja outras Dicas em nosso site www.acomp.com.br, nas seções Depoimentos e Notícias...

 

 

Para mais informações, Clique Aqui !

 



 

 

Clique aqui para conhecer os Serviços da ACOMP

 

ACOMP Consultoria e Treinamento
"Soluções em Negócios"
Tel. 55 (21) 2445-5444 / 99676-9040

www.acomp.com.br - O site do Empresário !

 


© Copyright 2013 - ACOMP - Todos os direitos reservados.