Rio, o melhor local para investimentos

Cidade ultrapassa São Paulo e Brasília na avaliação de 1200 executivos americanos

Miro Nunes

  O Rio está entre as 16 melhores cidades para negócios no mundo, de acordo com pesquisa feita pela consultoria Arthur Andersen nos Estados Unidos. Na lista reservada para as cidades das nações latino-americanas, o Rio ficou em quarto lugar e, dentro do País, em primeiro, na frente de São Paulo, a sua tradicional competidora, e de Brasília, capital federal.

  Foram ouvidos 1200 executivos de multinacionais ligadas a diversos segmentos, como energia e telecomunicações, entre outros. O trabalho levou em conta diversos fatores para a indicação de um total de quarenta cidades, que foram divididas em quatro grupos de dez.

  Entre os pré-requisitos considerados estão a qualidade de vida, tecnologia, infra-estrutura, custo de vida, produtividade, alfabetização, Produto Interno Bruto per capita, horas de trabalho (anual) e linhas telefônicas por cada agrupamento de 100 habitantes.

  Outra pesquisa feita no primeiro semestre deste ano pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para o Sebrae do Rio de Janeiro e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) mostrou quais as melhores oportunidades de negócios no Estado, dividido em oito regiões econômicas, com base em critérios da Firjan.

  Este levantamento confirmou a vocação industrial específica de certas cidades fora do eixo da região metropolitana, por exemplo o município de Campos, devido à exploração de petróleo. Também reafirmou o turismo como uma atividade predominante em 14 municípios fluminenses.

  No caso específico do Estado do Rio, a privatização trouxe para a capital e o interior investimentos que no passado recente seriam levados para outros Estados. O sócio-diretor da Arthur Andersen Consultoria e Auditoria, Fernando Marotta, destacou os setores de telecomunicações e petróleo como os responsáveis pela maior parte dos negócios que estão vindo para o Rio.

  – O processo acabou trazendo muito investimento e esta tendência deve aumentar com a criação das empresas-espelho nas telecomunicações. Clientes do exterior estão interessados em participar da atividade petrolífera no Estado do Rio, que, por abrigar a Petrobras, acabará concentrando os principais investimentos neste campo – disse.

  Marotta lembrou ainda a indústria automobilística, com as fábricas da Volkswagem e da Peugeot na região do Vale do Paraíba representando a recuperação da economia fluminense. Os efeitos dos investimentos começarão a ficar mais visíveis ao longo dos próximos quatro anos, afirmou.

  Para ele, a administração do governador Marcello Alencar em muito contribuiu para tornar realidade a entrada destas empresas no Estado do Rio, que assim recupera a evasão econômica ocorrida há até poucos anos.

Sinal que indica recuperação

  Para o consultor Roberto Sarmento, especializado em comércio exterior, cabe aos Governos estadual e municipais aproveitarem a oportunidade concedida pelas pesquisas da Arthur Andersen e do Sebrae/Firjan e transformarem as vantagens citadas em investimentos concretos para o Estado e os Municípios fluminenses.

  – Pelo visto, o Rio está em melhores condições do que geralmente se imagina. Isto é um sinal que indica a sua recuperação – observou.

  A instalação de fábricas que requerem investimentos mais significativos, lembrou Sarmennto, costuma acontecer nas cidades do interior. Estas cidades mantém melhores condições para o trabalho e estão próximas ao grande mercado que é a área de influência de uma metrópole como o Rio.

  Obras como as linhas Amarela e Vermelha, a reforma no Aeroporto Internacional do Galeão, a rápida reconstrução do Aeroporto Santos Dumont e a construção do porto de Sepetiba vêm trazendo efeitos positivos para a imagem do Rio de Janeiro, afirmou o diretor da Acomp Consultoria, Engenharia e Empreendimentos, Antônio Cesar Carvalho de Oliveira.

  A melhoria na infra-estrutura da cidade, a diminuição da violência, o trabalho de despoluição da baía de Guanabara, o custo menor de locação e compra de imóvel, custo de vida mais baixo, nível educacional da população, foram alguns outros pontos destacados. Oliveira lembrou que o Rio sempre foi considerado um lugar mais aprazível para fixar residência do que cidades como São Paulo e Brasília.

  – Houve no passado uma evasão do Rio, mas agora há um movimento, ainda em início, de reversão deste quadro, isto é, de retorno de várias empresas. Além de custo menor, em comparação a outras metrópoles, o sistema de telecomunicações tende a se aperfeiçoar, especialmente com a criação do teleporto e a privatização da companhia telefônica estatal – disse.

  Oliveira afirmou que o tráfego fluindo mais rapidamente, devido às linhas Vermelha e Amarela principalmente, possibilitou o acesso mais fácil para a Zona Oeste, área de expansão da cidade do Rio. O tamanho do mercado brasileiro também fez crescer a procura por negócios no País, inclusive em regime de parceria com empresas brasileiras.

  O apoio dos Estados Unidos ao Brasil, que teve como objetivo evitar o aprofundamento da crise russa na América Latina, foi decisivo para o fechamento do acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Este fato trouxe maior tranqüilidade e confiança no País para os investidores e os empresários que estavam trazendo capitais dirigidos ao setor produtivo.

Posição política do Governo

  Para o consultor, o que pode se tornar ou não em uma restrição é a posição da futura administração do Estado do Rio. Sob o ponto de vista político, o Governo de oposição terá de deixar claro para a classe empresarial, com atos concretos, como será o nível relacionamento com o Governo federal.

  Por fim, Oliveira frisou o fato de o Rio ser a tradicional capital intelectual e cultural do País, o que muito conta para as empresas. Afinal, a época é de valorização da tecnologia e do conhecimento integrados para a geração de riquezas e bem estar do Homem.

  A tendência de crescimento do número de turistas e a queda nos índices de criminalidade foram destacadas pelo presidente da Associação das Empresas Lojistas em Shopping Centers do Estado do Rio de Janeiro (Aloserj), Cláudio Gordilho, como algumas das vantagens proporcionadas hoje a quem se instala no Rio.

  Gordilho disse que recentemente esteve em São Paulo e ouviu de comerciantes que tem aumentado o número de empresários transferindo-se da capital paulista para outras cidades, dentro ou fora daquele Estado. Os custos altos de manutenção das empresas têm contribuído para este êxodo, acrescentou Gordilho.

  – No Estado do Rio acontece também a troca de cidades, com empresas retirando-se da capital e preferindo cidades na região serrana, por exemplo. O transporte tumultuado nas grandes cidades, como Rio e São Paulo, contribui para este deslocamento – observou.

Trabalho mostra potencialidades do interior fluminense

  No primeiro semestre deste ano foi divulgado um estudo encomendado ao Centro de Estudos de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que mostrou as potencialidades e principais negócios a serem desenvolvidos por região no Estado do Rio de Janeiro.

  O trabalho foi encomendado pelo Sebrae/RJ em parceria com a Firjan, Senai, Sesi, Secretaria Estadual de Indústria Comércio e Turismo e a Companhia de Desenvolvimento Industrial do Rio de Janeiro (Codim). Foram pesquisados 90 municípios no interior fluminense, sendo ouvidos prefeitos, secretários e empresários.

  Quanto às principais observações econômicas a respeito do Rio de Janeiro, a pesquisa indicou que a vocação industrial do interior do Estado abrange da micro-região metropolitana aos eixos da Rio-São Paulo, Rio-Belo Horizonte e Porto de Sepetiba.

  Há ainda alguns municípios fora destas áreas, como Nova Friburgo, Macaé e Campos dos Goytacazes, que apresentam vocações para o industrial. No âmbito das atividades de serviços, o turismo aparece com relevante potencial econômico. O setor foi destacado em 38 dos 90 municípios pesquisados, sendo que em 14 deles é a atividade predominante.

  Neste grupo de cidades destacam-se as da Região dos Lagos (Cabo Frio, Maricá, Araruama, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Rio das Ostras, Armação de Búzios); Região Serrana (Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo); Niterói e Miguel Pereira.

  A pesquisa também identifica os municípios de Resende, Porto Real e Campos como propícios para a indústria automobilística. Nova Iguaçu e Queimados abrigam os fabricantes de vidro e louças; vidro em São Gonçalo e Porto Real; química fina em Campos, Duque de Caxias, São João de Meriti, Resende e Petrópolis; petroquímica em Caxias; gráfica em Niterói, Barra do Piraí e Duque de Caxias, entre outras indicações.

  Foram consideradas no trabalho oito regiões administrativas determinadas pela Firjan: Baixada I, Baixada II, Centro-Norte, Leste, Noroeste, Norte, Serrana e Sul. A pesquisa considerou como principais fatores a influenciar as tendências econômicas de cada município e região a infra-estrutura (transportes, energia e comunicações); recursos humanos (escolaridade); mercado (dinamismo setorial); tradição produtiva.

  Os interessados em maiores detalhes podem entrar em contato com o Sebrae pela linha de discagem direta gratuita 0800-78-2020 nos dias úteis de 7h às 19h. Ou então dirigir-se a um posto do balcão Sebrae, o que também pode ser indicado pelo serviço de tele-atendimento.

------------------------------------------------------------

Eng. e Prof. Antônio César

Eng. e Prof. Antônio César


Entenda como a ACOMP pode ajudar você, a ter Sucesso em seu Empreendimento !

Você planeja montar seu primeiro Empreendimento, seja ele uma pequena, média ou grande empresa, uma loja de rua ou uma loja em shopping, uma prestadora de serviços, uma fábrica - indústria, ou ainda, se você pretende expandir seus Negócios atuais com assertividade e segurança:

A ACOMP pode prestar assessoria comercial personalizada, e executar os seguintes serviços:

> Estudos de Viabilidade

> Análise e Seleção do melhor Ponto Comercial

> Mentoria e Coaching Empresarial e Executivo

> Gerenciamento de Projetos e Elaboração de Manuais

> Palestras, Workshops, Treinamentos e Cursos Especiais

> Pesquisas de Mercado e de Satisfação de Clientes

> Assessoria e Orientação Empresarial

> Plano ACOMP Empresa

São 4 (quatro) tipos de Plano ACOMP Empresa, escolha o que melhor se adapta às suas necessidades. Sua Empresa ou Empreendimento terá um acompanhamento profissional e personalizado. Se preferir, contrate nossos serviços de Mentoria e Coaching Empresarial e Executivo. Seu sucesso será uma consequência natural.

Visite a seção Serviços do portal ACOMP. Clique aqui e saiba mais.


Plano ACOMP - Clique aqui para mais informações !


Você é um Empreendedor de Shopping Center, Incorporador, Construtor, Investidor, Administradora de Shoppings, Associação de Lojistas, ou Síndico de um Centro Comercial:

A ACOMP pode desenvolver para o seu Empreendimento:

> Estudo de Viabilidade Comercial

> Pesquisas de Mercado e de Satisfação de Clientes

> Planejamento e Desenvolvimento de Flea Markets e Outlets

> Revitalização Comercial de Espaços Públicos e Privados

> Avaliação do Atendimento nas Lojas

> Palestras para os Lojistas

> Treinamentos e Workshops para as Equipes de Vendas das Lojas

> Plano ACOMP Shopping para o sucesso do Empreendimento

São 4 (quatro) tipos de Plano ACOMP Shopping, um com certeza se adapta perfeitamente às suas necessidades. Atendemos todos os tipos de Shopping Centers (vendidos e alugados), Shoppings de Rua (a céu aberto), Shoppings Regionais, Temáticos, de Vizinhança ou Conveniência, Flea Markets e Outlets, entre outros.

Podemos também, prestar somente Assessoria na Gestão e Marketing do Empreendimento, para que Você invista com mais segurança e assertividade, ou gerencie seu shopping center profissionalmente. Clique aqui e saiba mais.


Plano ACOMP Shopping - Clique Aqui !


Você só quer algumas Dicas ?

Visite o Portal ACOMP e veja as seções: Serviços, Depoimentos, Treinamento, Notícias e Novidades. São mais de 250 (duzentas e cinquenta) entrevistas, reportagens e matérias com Dicas de Negócios da ACOMP, além de muitos outros serviços disponíveis on-line.

Veja aqui o Perfil do Eng. e Prof. Antônio César

Veja a reportagem - Por que contratar uma Consultoria ?

Perguntas e Respostas sobre nossos Serviços

Depoimentos de quem já contratou os Serviços e Palestras da ACOMP !

Leia mais sobre outras Pesquisas e Estudos da ACOMP

Contrate a ACOMP Consultoria e Treinamento para executar o Planejamento Estratégico do seu Empreendimento, ou melhorar a Operação. Com a expertise em gestão e varejo da ACOMP, seus lucros aumentam, Você trabalha menos, sua Equipe fica mais motivada, e o resultado global é muito melhor. Consulte-nos >> Contatos .


 

ACOMP Consultoria e Treinamento

 

A única Consultoria do Mundo que disponibiliza para Você,
mais de 20 Serviços úteis e gratuitos on-line
.

• 1º site do Mundo em Marketing Cruzado.

• O site mais visitado por Empresários.

 

É só acessar

www.acomp.com.br

O site do Empresário !

 

 

Colabore para que possamos ampliar as
Dicas de Negócios gratuitas do portal ACOMP !


 

Contrate os Serviços da ACOMP ou as Palestras do

Eng. e Prof. Antônio César, e indique para seus amigos e parceiros.

 


 

 

 

ACOMP Consultoria e Treinamento
"Soluções em Negócios"
Tel. 55 (21) 2445-5444 / Celular: (21) 99676-9040

www.acomp.com.br - O site do Empresário !

 

© Copyright 2014 - ACOMP - Todos os direitos reservados.